Como foi a Shimano Fest 2017

Novamente estive na Shimano Fest e vou tecer aqui alguns comentários quanto a feira.

Nos últimos dias a internet bombou sobre o esta feira, e é só digitar #shimanofest em qualquer rede social ou mecanismo de busca para encontrar os mais diversos tipos de conteúdo, afinal de contas, com a evolução da internet e smartfones, hoje todo mundo é repórter, fotografo, youtuber e enquanto a feira acontecia era possível acompanha-la quase que em tempo real.

Em comparação ao ano de 2016, quando também estive lá no ultimo dia de feira, pude observar um crescimento quanto ao número de expositores, pessoas visitando os stands e barraquinhas realizando venda direta.
Quanto a este último item, pareceu-me estar mais organizado este ano, apesar que o sol de quase 38ºC estava castigando.
Gostei de poder conhecer pessoalmente algumas pessoas, que para quem acompanha o ciclismo, são celebridades: atletas da elite, bloggers e youtubers conhecidos (quem disser que não gosta de fazer um tietagem de vez em quando esta mentindo).
Apesar do calor em São Paulo, a arena onde aconteceu as competições colocava o público mais próximo dos a atletas a exemplo daquilo que acontece em outras provas.
No meu ponto de vista o que não ficou legal foi a praça de alimentação que manteve-se do mesmo tamanho e o sistema de compra com cartão próprio da feira que ocasionou uma grande fila embaixo do sol.
A circulação na feira de ciclistas com suas bicicletas, mesmo que empurrando, também não agradou muito, pois os corredores estavam sobrecarregados, dificultando em alguns momentos a movimentação.

No geral valeu a pena, recomendo e espero poder estar lá no próximo ano.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *